Clube Desportivo
da Póvoa
 
 










Newsletter CDP
 
Receba via email todas
as novidade e notícias
  E-goi - Marketing Automation Multicanal  
Patrocinadores
patrocinadores

 


Basquetebol

Armando Frias, antigo praticante de Basquetebol e, na altura, director do Desportivo, aproveitou a experiência dos Jogos Juvenis e decidiu formar no CDP uma equipa federada de Basquetebol. Nascia, assim, na época 71/72 uma nova modalidade no Clube que nos anos seguintes viria a desenvolver-se consideravelmente.

 

No final de 1971, graças ao contributo do atleta Dimas Pinto, surge o Mini-Basquetebol que, mais tarde, dará origem à primeira equipa de iniciados do CDP dirigida pelo Prof. Rios da Fonseca.

 

A partir daqui, a secção não mais parou de evoluir, tendo sido criado, em 1973, o basquetebol feminino sobre a orientação de Dimas Pinto e, posteriormente, de Victor Guimarães que veio dar continuidade ao projecto. Neste sector, o Clube passa a gozar de um estatuto de grande relevo no contexto da A.B. Porto

 

Em 1975, a secção englobava já oito equipas federadas distribuídas pelos escalões masculinos e femininos. No entanto, a este súbito crescimento da secção seguiu-se um período crítico, assinalado pela falta de estruturas, por problemas no quadro técnico e no sector administrativo, que até então “sobrevivia” graças à boa vontade de José Francisco, um jovem que ganhara muita experiência na organização dos Jogos Juvenis.

 

A situação complica-se ainda mais entre 1975 e 1976, com a saída de alguns dos grandes entusiastas, uns para cumprir o serviço militar, outros para ingressar na universidade, estando neste último grupo incluído Dimas Pinto. O Basquetebol do Desportivo da Póvoa registava, assim, um retrocesso motivado essencialmente pela falta de quadros técnicos.

 

Entretanto, das ex-colónias surgiram atletas que pelas suas qualidades técnicas e que acabaram vieram prestigiar a modalidade e pessoas interessadas em reavivar os quadros técnicos da secção.

 

Ultrapassadas as dificuldades, novas condições foram criadas para um longo e vigoroso processo de crescimento. O número de jovens interessados na modalidade era de tal forma elevado que, durante alguns anos, também o Varzim apresentou algumas equipas em competição. No CDP, o Basquetebol assumiu-se como uma das modalidades mais importantes, pelos feitos que foi conquistando ao nível distrital e nacional.

 

As décadas de 80 e 90 foram brindadas com inúmeros títulos. Mas é na época época 1999/2000, que o Desportivo da Póvoa vive aquele que foi, certamente, um dos momentos mais marcantes e um dos maiores êxitos obtidos em todo historial do Clube: o título de Campeão Nacional da I Divisão em Seniores Femininos.

 

Até hoje, o Basquetebol é a modalidade que assume pretender obter resultados competitivos nos mais altos escalões, usufruindo a médio e a longo prazo dos talentos formados nos escalões inferiores.

 

Ao longo dos anos várias foram as pessoas que estiveram ligadas à secção de basquetebol, das quais de podem destacar José Ricardo como treinador, Dimas Pinto pelas qualidades humanas e técnicas, Alberto Midões pela sua perspectiva abrangente em relação ao Clube e à secção, Luís Gonzaga, pelo seu trajecto como treinador e coordenador e Fernando Araújo, pelo exemplo que deu como jogador de basquetebol. Entre muitos outros que fizeram e ainda vão fazer história.

 
© 2012 Clube Desportivo da Póvoa. Desenvolvido pela hojenet.